Parceiro: sm. 1. Pessoa ou entidade que está em parceria com outra para atingir o mesmo objetivo. 2. A pessoa com quem se joga ou dança. 3. Tratamento recíproco dos que foram mordomos numa festividade ou confraria no mesmo ano. 4. Tratamento recíproco dos pais dos cônjuges. 5. Pessoa que tem esperteza.

 

Parceiro, para nós Matula, vai além do significado do dicionário. Parceiro é aquele com quem nossos sonhos se cruzam, com quem nossos sonhos muitas vezes se completam.

Nossos sonhos se cruzaram, se encontraram e se abraçaram aos sonhos da Boa Companhia em muitos momentos. Nossa parceria começou quando Verônica dirigiu o espetáculo “Vizinhos do Fundo”, primeiro trabalho do Matula. Continuou na direção de “Versão Vida Cruel” e, em 2004, estendeu-se aos outros bons companheiros, através da atuação conjunta no espetáculo “Mr K e o Artistas da Fome”. Circulamos juntos por festivais em todo o Brasil e atravessamos o oceano para apresentações, oficinas e demonstrações de processo de criação em Berlim, Alemanha.

Em 2008 idealizamos, ao lado da Verônica, o “Rosa dos Ventos”, Espaço Cultural, que geograficamente está em frente ao Útero de Vênus, sede da Boa Companhia. Em 2011, nasce “Agda”, com direção do bom companheiro Moacir Ferraz, e com a Verônica, dessa vez, na atuação ao nosso lado. Até que enfim, em 2012, nasce o projeto “Circo K”, e nossa lona passa a abrigar e a acolher mais um projeto em parceria. A parceria com os bons companheiros se faz dentro e fora de cena. Dividimos a rua, intermináveis conversas sobre uma forma de (r)existir em arte, cada conversa no final de um ensaio. Cada (re)encanto e admiração que temos por nossos companheiros se faz notar quando choramos mais uma vez com o Primus, quando Cartas são enviadas ao Paraíso ou ainda, quando Portela viaja com seu Motorista.

É por esses e tantos outros motivos, que estamos ao lado dos bons companheiros, por mais uma vez, com a lona montada para o Vaudavila V e para a comemoração de 20 anos em Boa Companhia!

Compareçam e prestigiem!!