Queridos amigos e parceiros,

Este primeiro semestre está uma loucura. No bom sentido, é claro…estamos a todo vapor com a estréia do novo espetáculo em parceria da Boa Companhia – CIRCO K, com estreia marcada para junho deste ano, na Estação Guanabara, em Campinas.

Ao mesmo tempo estamos percorrendo diversas cidades do interior paulista com o PROAC – Formação de público: O Feminino, o Verso e a Cena, também ao lado da Boa Companhia. Até agosto, passaremos por 4 cidades levando uma programação intensa de espetáculos (AGDA e PASSAGENS), oficinas de teatro (CORPO e MITO e CORPO DA PALAVRA) e encontros literários (ESCRITAS DO FEMININO).

E nossa correria não pára por aí, em nossa sede os cursos NARRATIVAS JOVENS e POÉTICAS DA CASA estão dando o que falar! É muita gente fazendo teatro ao mesmo tempo!!

Bom poder escrever isso, não é?

Em breve, estaremos compartilhando um pouco mais de cada uma de nossas ações.

Por hoje, a cena do blog fica com uma de nossas atrizes, Melissa Lopes, que amanhã estará dando início há uma oficina de 4 dias na Escola SP de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.

À convite do encenador e professor Chico Medeiros, Melissa irá conduzir um trabalho dentro do Módulo de Atuação – Mímesis Corpórea: “ O outro em mim”. Uma das perguntas desse módulo é, como criar um corpo fictício inspirado no corpo do estrangeiro. O ponto de partida é a observação das pessoas que circulam todos os dias no bairro onde a escola está instalada atualmente: Brás (SP).

Este módulo começa amanhã (25/04)e tem continuidade na 1ª quinzena de maio.

A Mímesis Corpórea é uma metodologia elaborada pelo LUME – Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da UNICAMP e desde 2000 é referência para todos os trabalhos artísticos do Grupo Matula Teatro. Nesses 12 anos, o Matula encontrou uma maneira própria de trabalhar com essa ferramenta e desde então ela passou a ser um ponto importante nas investigações artísticas das atrizes como também em suas pesquisas acadêmicas.

Bom trabalho Melissa!

Até breve!!