Queridos amigos e parceiros dos grupos Engasga Gato, Andaime e Teatro da Rua Eliza,

No nosso 2º dia aqui em Mogi das Cruzes nos encontramos em sala de trabalho com a Cia. do Escândalo para realizarmos o Intercâmbio Artístico. Cada um dos grupos pode expor suas trajetórias, falar um pouco mais sobre os seus últimos trabalhos de criação e desenvolver uma prática juntos.

IMG_1635

Atores do Grupo Matula Teatro e Cia. do Escândalo durante o Intercâmbio Artístico.

A Cia do Escândalo já existe há 20 anos: começaram como um grupo amador e ao longo de seus trabalhos foram se profissionalizando e se reinventando a cada novo espetáculo. Há seis anos, a Cia do Escândalo, junto com outros artistas independentes inauguraram o Galpão Arthur Netto – espaço de formação e interação artística com a cidade de Mogi. Atualmente, a Cia. do Escândalo é um grupo de teatro que desenvolve processos criativos e que, ao mesmo tempo, fomenta diversas artes na cidade, por meio de cursos de formação (teatro e circo para adultos e crianças), apresentações abertas ao público, oficinas e exposições de arte.

Sobre esse trabalho que é desenvolvido no Galpão Arthur Netto registro aqui uma fala dita pelo Thiago, que é engenheiro civil, já foi aluno do Galpão e hoje é parceiro da companhia:

THIAGO

SOBRE PROCESSOS CRIATIVOS

Ambos os grupos possuem aspectos comuns no seu fazer teatral: a importância de um trabalho do ator sobre si mesmo, que inclui um aprofundamento no treinamento corporal e vocal; o jogo como gerador de material coletivo e maneiras possíveis e saudáveis de resistir e existir para além das leis de incentivo.

Conversando sobre alguns pontos de partida para nossas investigações artísticas, encontramos um tema comum que já está presente em algumas de nossas peças teatrais, que é a temática social.

Manuel

O ator e um dos fundadores da Cia. do Escândalo, Manoel Lucena de Mesquita Jr.

Em sala de trabalho pudemos perceber outras afinidades, que se deram a partir de jogos de aproximação, pequenas confidências que aos poucos foram sendo compartilhadas. Ontem, por meio do acaso, a relação se deu entre atrizes do Grupo Matula e os atores da Cia. Escândalo e esse encontro entre homens e mulheres possibilitou uma gama de descobertas de complementaridades.

IMG_1589

O ator Danilo Meirelles de Souza.

Nosso encontro terminou com Danilo Meirelles de Souza citando Amir Klink, então me recordei desse pequeno vídeo “Um homem precisa viajar” e acho que ele serve como uma linda metáfora para essa circulação do Imago, a imensidão do mar, a potência dos encontros artísticos e o que a Alice Possani, atriz do Matula resumiu deste primeiro intercâmbio: “encontros que ressignificam os outros, e nos fazem lembrar porque é mesmo que fazemos o que fazemos e vivemos como vivemos. Não estamos sozinhos”.

Sobre a primeira Intervenção dos Jogos Cortazianos recebemos o relato do ator Ruy Longo, que compartilho aqui:

11018609_851933701537951_30340505041032978_n

Ps: Não temos fotos do jantar como prometemos a vocês, mas é que ontem ficamos tão à vontade e tão felizes que resolvemos deixar esse encontro registrado apenas em nossas memórias…

Abraços,

Matula(s)

Barra de logos