“A minha Casa é guardiã do meu corpo
 E protetora de todas minhas ardências.
 E transmuta em palavra
 Paixão e veemência 
E minha boca se faz fonte de prata.”
 Hilda Hilst No último final de semana, Hilda e Bethânia me visitaram. Sugiro que, para continuar, você escute o seguinte link: Casa, casa, casa… Nossas casas,...

Leia Mais